Em parceria com o (ISC)²® e com a empresa de consultoria Booz Allen Hamilton, o Center for Cyber Safety and Education™ apresenta a análise Millennials: a próxima geração de profissionais de Segurança da Informação, parte do Global Information Security Workforce Study – GISWS (Estudo Global da Força de Trabalho na área de Segurança da Informação).

A pesquisa foi realizada com mais de 19 mil profissionais atuantes da área no mundo e mostra que as empresas devem focar na geração Millennial para suprir uma escassez emergente de especialistas em Segurança da Informação. Até 2022, estima-se 1,8 milhão de posições de trabalho em aberto, um aumento de 20% em relação às projeções do GISWS de 2015.

“Nossos estudos vêm apontando há anos a falta de mão de obra em Segurança da Informação, mas essa é a primeira vez que analisamos as respostas dos Millennials com mais profundidade. Observamos que eles buscam fatores diferentes em relação à satisfação com o trabalho e carreira. Eles realmente são o futuro da cibersegurança e acreditamos que será essa geração a solucionar a falta de profissionais na área”, explica David Shearer, CEO do (ISC)².

Dentre os principais resultados, as análises demonstram que os Millennials desejam crescimento que inclua programas de orientação e liderança, pagamento por participação em eventos corporativos, programas de treinamento e certificações, e associação a entidades profissionais pagas pela organização. Eles são a geração com maior tendência a mudar de emprego e estão mais propensos a se tornarem consultores de segurança do que a assumirem papéis de gerenciamento em uma organização. Além disso, valorizam as oportunidades de desenvolvimento de carreira e são mais dispostos a pagar por elas, caso a empresa não ofereça. Para os profissionais dessa geração, o salário não é prioridade. No entanto, eles receberam aumentos maiores em comparação aos colaboradores de outras faixas etárias.

“Os Millennials já são e continuarão sendo fundamentais para o sucesso da nossa ciberdefesa coletiva”, explica Angela Messer, Vice-Presidente Executiva e Líder de Ciberinovação e Desenvolvimento de Talentos da Booz Allen. “Para atrair, reter e capacitar essa geração, vemos claramente no GISWS que a nossa indústria deve ser inovadora não apenas em seus serviços, mas também em como ajudar o desenvolvimento dos Millennials.”

O Global Information Security Workforce Study é um dos maiores estudos de seu gênero e tem como objetivo oferecer um amplo entendimento das escalas salariais, disparidades de competências, necessidades de treinamento, práticas de contratação corporativa, orçamentos de segurança, desenvolvimento profissional e atitude corporativa em Segurança da Informação que as organizações utilizam na contratação de gerentes e profissionais do setor. A análise completa sobre a geração Millennial está disponível emhttps://iamcybersafe.org/research_millennials/.

 Sobre o Estudo Global da Força de Trabalho em Segurança da Informação do Center for Cyber Safety and Education

A análise “Millennials: a próxima geração de profissionais de Segurança da Informação” é patrocinada pela Booz Allen Hamilton e é a primeira divulgação de informações do Estudo Global da Força de Trabalho em Segurança da Informação de uma série que será divulgada pelo Centro em 2017 como parte do novo formato bianual do GISWS. Diversos relatórios serão anunciados durante o ano com informações novas e exclusivas sobre a força de trabalho em Segurança da Informação. O próximo levantamento, com foco nas mulheres em cibersegurança, será divulgado em março.

Sobre o (ISC)²

O (ISC)² é uma organização associativa internacional sem fins lucrativos que tem como objetivo inspirar um mundo cibernético seguro. Reconhecido pela premiada certificação Certified Information Systems Security Professional (CISSP®), o (ISC)² oferece um portfólio de credenciais que abordam a segurança de maneira holística e programática. Nossos mais de 123.000 membros são profissionais certificados em segurança da informação, de software, de infraestrutura e cibernética que fazem a diferença e ajudam a impulsionar a indústria. Nossa visão se baseia no compromisso de educar e alcançar o público em geral por meio de nossa fundação beneficente – The Center for Cyber Safety and EducationTM. Para mais informações sobre o (ISC)², visite http://www.isc2.org, siga-nos no Twitter ou conecte-se conosco no Facebook.

© 2017 (ISC)² Inc., (ISC)², CISSP, SSCP, CCSP, CAP, CSSLP, HCISPP, CCFP, ISSAP, ISSEP, ISSMP e CBK são marcas registradas do (ISC)², Inc.

Sobre o Center for Cyber Safety and Education

O Center for Cyber Safety and Education, antigo (ISC)² Foundation, é uma fundação beneficente sem fins lucrativos que tem como objetivo criar um mundo cibernético mais seguro para todos. O Centro trabalha por meio de seus programas educacionais, bolsas de estudos e pesquisas para garantir que todas as pessoas tenham uma experiência on-line segura e positiva. Para mais informações, acesse: www.iamcybersafe.org.

Sobre a Booz Allen Hamilton

A Booz Allen Hamilton (NYSE: BAH) tem estado na linha de frente de estratégia e tecnologia há mais de 100 anos. Atualmente, a empresa oferece gerenciamento e consultoria em tecnologia e serviços de engenharia para corporações da Fortune 500, governo e organizações sem fins lucrativos do mundo todo. A Booz Allen se une a clientes dos setores público e privado para solucionar seus problemas mais difíceis por meio da combinação de conhecimentos em consultoria, análises, operações, tecnologia, entrega de sistemas, cibersegurança e engenharia.

Com sede internacional localizada em McLean, na Virgínia, EUA, a empresa conta com mais de 23.000 funcionários no mundo, além de uma receita de US$ 5,41 bilhões no ano fiscal encerrado em 31 de março de 2016. Para mais informações, acesse:BoozAllen.com.

Anúncios